2 Comments

  • Reply Adelinda Ruht Nilson 28 de agosto de 2016 at 08:06

    Sábias palavras. Você é um exemplar único. Confesso que não tem idade para rever nossos conceitos e motivar- nos a ser- mos melhores. Mais flexíveis, persistentes, tolerantes. Aprender, em resumo, a conjugar o verbo amar. Linda. Grande bj.

  • Reply Luana 28 de agosto de 2016 at 23:24

    👏👏👏 adorei o TBC! 😉
    Adorei o texto!
    E acho que, além de persistência, outra lição que podemos aprender é que com todas as nossas diferenças, há lugar para todos termos sucesso. Não devemos nos subestimar.

Leave a Reply